Dois doidos conversando, ai um pergunta pro outro; -O que você vai pedir de presente de natal pro papai noel? ...E ai o outro responde:-Uma bunda nova!....-Ué mais por que?....-Porque minha bunda veio furada! rsrs, divirtam-se!

Comodidade Uol

Mural Comentários e Risos

Pesquisa personalizada

sábado, 20 de junho de 2009

Casal gay

Bruno e Breno eram um casal gay apaixonadíssimo. Eles se adoravam,
tinham bons empregos, viviam juntos em um belo apartamento...enfim,
eram muito felizes.
Certo dia, Breno estava de folga e ficou em casa, enquanto Bruno foi
trabalhar.
Breno, então, resolver fazer uma linda surpresa para o seu amado.
Enquanto Bruno estava no trabalho, Breno foi a uma clínica de
tatuagens e mandou tatuar duas letras bês (B) enormes, uma em cada
nádega. No lado esquerdo, a letra inicial de
Breno; no lado direito, a letra inicial de Bruno.
Breno achou que isso seria uma prova inequívoca de seu amor por Bruno,
pois as iniciais do casal ficariam para sempre gravadas em sua bunda.
Feliz, com as duas letras B tatuadas na bunda, uma em cada lado, Breno
voltou pra casa no final da tarde, com a intenção de fazer a surpresa
para Bruno.
Breno então foi para o quarto tirou a roupa, e, na hora em que ouviu
o barulho de Bruno entrando em casa, ficou de quatro em cima da cama
com a bunda tatuada voltada para a porta do quarto, numa posição quase
que ginecológica.
Bruno então entrou no quarto, viu aquela bunda tatuada virada pra ele
e parou, estupefato, mal acreditando no que via.
Breno, sorrindo, perguntou?
- E aí, amor, gostou?
E Bruno, sem conseguir conter uma lágrima que descia pelo seu rosto,
limitou-se a perguntar:
-


- QUEM É BOB ?...

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Loading...

Sobre Humor

***Nada mais humorístico do que o próprio humor, quando pretende definir-se (Friedrich Hebbel).
***O humor compreende também o mau humor. O mau humor é que não compreende nada (Millôr Fernandes).
***O humorismo é a arte de virar no avesso, repentinamente, o manto da aparência para por à mostra o forro da verdade (L. Folgore).
***O humor é a polidez do desespero (Chris Marker).
***O humor tem não só algo de liberador, análogo nisso ao espirituoso e ao cômico, mas também algo de sublime e elevado (Freud).

e-referrer